sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Tenho tantas saudades tuas...

A relação de amizade entre duas personagens (um porco-espinho e uma ratinha), diferentes no género e no aspeto, e as saudades que sentem um do outro, em resultado da distância que os separa devido a uma viagem. Os dois amigos vão contando os dias que faltam até ao tão esperado reencontro e, enquanto isso, trocam cartas e vão imaginando a partilha das experiências que vivenciam. Quando, finalmente, chega o momento esperado, acabam por se desencontrar e ter de esperar mais um pouco para se poderem abraçar e matar saudades.

Sem comentários:

Enviar um comentário

.

baixo